10/12/2011

é tempo...




ainda desejo aquela dança
[não aquela cujos lilases
não soubemos vislumbrar]
quero a mais descomedida
canção sorvida à fogo lento
conduzindo nossos corpos
aos insights do sentimento

afinal, é tempo...





"O sonhador, em seu devaneio, não consegue sonhar diante de um espelho que não seja profundo."

(Gaston Bachelard)