18/08/2017

Na poesia,

como n'outra 
espécie escrita
 ficcional
ou científica,

há o tempo
das cheias 

das estiagens

Em todas
essas paragens,

hiatos 

me 
      
(des)fazem


h.f.
18 ago./2017


16/08/2017

Não convém

Não houve tempo
para um
reconhecimento

Não convém
contrariar
a (des)ordem
do vento


Penélope,
16 ago./2017


Se ela voa

Não se escolhe
uma imagem (poética)
à toa

Acolhe a sua poesia
se ela voa


Penélope,
15 ago./2017


De que é feita

Nem toda espera
se alcança...

Mas de que é feita
a quimera

sem esperança?


Penélope*,
13 ago./2017



*Voz heterônima de Hercília Fernandes, em sua nova página no Twitter.

Fiz-me

Rasquei fotografias

Devolvi presentes
― alguns pouco funcionais
outros, atraentes

Fiz-me anúncio de mulher

solteira 
feliz 

procura

na esteira da (im)própria 
cura


h.f.
15 ago./2017


15/08/2017

Quero uma solidão...

Um silêncio que me diga,
antes que a tarde contra-
diga,

por ser_tão 
arde
em nós


h.f.
15 ago./2017


10/08/2017

Só por hoje,

abraçaria esse
silêncio
que tanto bem 
mal me fez

resistiria

só mais uma 
outra nova 
velha

vez


h.f.
10 ago./2017


07/08/2017

Vão

Quando penso que você
existe

n'algum vão adormecido

do meu
ser

nada poderia ser_tão
triste

quão aquecido querer


h.f.
6 ago./2017

... and all I have to do is think of her". 


"O sonhador, em seu devaneio, não consegue sonhar diante de um espelho que não seja profundo."

(Gaston Bachelard)