17/08/2019

Não adianta

dizer que sinto
saudade
se ainda é cedo
ou muito tarde

para nós

a realidade 
é que não temos
um enredo
capaz de vencer
a comodidade
o medo

de estarmos enfim sós


h.f.
17 ago./2019


25/06/2019

A pessoa

tenta se manter distante
(ou pelo menos se situar numa via
mais segura)
aí vem um sonho
de amor medonho
procura


h.f.
25 jun./2019


11/06/2019

24/05/2019

Apaixonei-me

por uma voz 
sem rosto
sem corpo

sem a cumplicidade
do nós

por uma subjetividade
que me acorda imenso
gosto

partindo do pressuposto 
de não esquentar
lençóis



h.f.
24 maio./2019 


23/05/2019

Em tempo:

sucumbo à ideia
do que seria

da linguagem
que nossos corpos
comunicaria

ainda aguardo 
a calmaria



h.f.
23 maio./2019


22/05/2019

Hoje

amei mais que podia
sofri mais que devia

cantei mais 
do que minha voz
alcançaria

hoje fui tempestade
amanhã quem sabe 
calmaria



h.f.
22 maio./2019


Ainda não

te esqueci
― e talvez jamais
esqueça

não é fácil 
abandonar uma ideia
se ela não desabita 
os sonhos

― não sai da cabeça

não construímos 
memórias

não compartilhamos
qualquer
experiência

mas não é a acumulação
de histórias

que garante 
a permanência


(do amor...)



h.f.
22 maio./2019


21/05/2019

Tenho tanta

saudade
para (lhe) dizer...

mas se a digo
me contradigo
em meu im_próprio
fazer


h.f.
21 maio./2019


19/05/2019

Da minha parte,

jamais foi 
ilusão

sentir é
coisa séria...

matéria
não à parte
da razão



h.f.
19 maio./2019


Artífice

ela falava
da profundidade

ele,
da superfície

ambos evocavam
a saudade
enquanto artífice


h.f.
19 maio./2019


11/05/2019

Dói

quando 
me configura
ao ficcional

uma espécie
de "doce mal"

quando não sou 
matéria de sonho 

possivelmente
real


h.f.
11 maio./2019


Eu poderia dizer

a quantas voltas 
anda
a minha saudade

De que me adianta?

Amor não é 
uma questão 
de número


É de reciprocidade



h.f.
11 maio./2019


14/04/2019

04/04/2019

Se ao menos

você me amasse
estivesse aqui...

meus dias não
seriam essa nuvem
de tédio;

tristeza sem fim


h.f.
4 abr./2019


30/03/2019

Não existe uma fórmula

para amar
ou desamar

amor é amor
desamor é desamor

aqui ou acolá


h.f.
30 mar./2019


Faz bem

manter-se distante...

Ando feito uma bomba
ambulante

Qualquer passo em falso e...

Boom!


h.f.
30 mar./2019


21/03/2019

Se somos

feitos de tempo

de sentimento

pensamento

ação

somos 
história

ainda que não...


h.f.
21 mar./2019

19/03/2019

Quisera fosse apenas mote

Não é q'eu não me importe
Não é q'eu não sinta...

Sinto cada palavra
― sentimento 
que esmera em rima

Quisera fosse apenas mote,

é estima


h.f.
19 mar./2019


13/03/2019

Tratando de nós,

é melhor apenas
sentir

uma tentativa
de aproximação...

e pimba!

origina-se o abismo


h.f.
13 mar./2019


12/03/2019

O sentimento mudou

já não 
sentimos
nem somos 
os mesmos

vigora, ainda,
uma ternurância
cândida

afago 
da itinerância


h.f.
12 mar./2019


23/02/2019

É como

se a dor me partisse
me diminuísse

não suportasse estar
dentro de mim
e fizesse imensurável
esforço 
para evadir 

é como se não tivesse
fim


h.f.
23 fev./2019 


22/02/2019

A gente

passou do ponto

deu demasiada
importância 
às reticências

quando a beleza 
do confronto
sequer estava
nas reincidências


h.f.
22 fev./2019


17/02/2019

Não pensei em você...

se faria doer
ou desconsertar

a bem da verdade,
não houve pe(n)sar...

morrer de amor
não é necessariamente
amar


h.f.
17 fev./2019


25/01/2019

A tristeza

que alegas sentir
não é, maneira
alguma,
igual à minha

(a minha tem poço
deveras
mais profundo...)


h.f.
18 jan./2019


Não deixei

de te amar...

Aceitei o inevitável:

fim


h.f.
25 jan./2019


12/01/2019

Foram

anos de ilusão;
de esperas sem fim

dormia e acordava
sua presença
em mim

quando tardava 
o sim


h.f.
12 jan./2019


03/01/2019

Desconsidere...

Não me diga
absolutamente
nada

Interfere
minha mente 
que mitiga
consternada


h.f.
3 jan./2019


Enquanto o mundo

aplaude 
um conforto 
obscuro,

procuro
na saudade
um desconforto
seguro


h.f.
3 jan./2019


Havia certo tempo,

jurou não mais 
atrair
tempestade

Nem toda urgência 
garante 
reciprocidade


h.f.
3 jan./2019


"O sonhador, em seu devaneio, não consegue sonhar diante de um espelho que não seja profundo."

(Gaston Bachelard)