21/04/2013

Quarenta e dois anos...


e ainda tanto por fazer: uma história comprida que se quer escrita, um horizonte que não se abre se divisa, um filme antigo que se almeja (re)ver, um rosário que não se conta enquanto espera faz chover. Tudo tão longe e tão perto de se inscrever, ainda que o sol seja noite e a noite amanhecer.



Hercília Fernandes,
21  abr. 2013 


19/04/2013

As imensidões do "Nós Em Miúdos" na cidade de Cajazeiras-PB


"A imensidão está em nós. [...] Quando estamos imóveis, estamos além; sonhamos num mundo imenso". (Gaston Bachelard)


Nesta quarta-feira (17 de abril), no Auditório do Centro de Formação de Professores, da Universidade Federal de Campina Grande (CFP/UFCG), na cidade de Cajazeiras-PB, aconteceu o primeiro evento de lançamento do livro “Nós Em Miúdos”, de minha autoria, publicado pela Editora Patuá, de São Paulo.

O evento de lançamento consistiu uma dessas raras oportunidades que a vida nos oferece de vivenciar e tornar visível a poesia para além das nossas imensidões durante os silêncios e as solidões que compreendem o instante criador.

Reunindo familiares, amigos(as), e amigos(as) professores(as) e discentes do CFP/UFCG, instituição em que atuo como professora efetiva há três anos, o lançamento contou com a presença de mais de 120 participantes, dos quais fizeram parte da Mesa Solene o prof. Osmar Filho (Vice-diretor do CFP/UFCG e posfaciador da obra) e a profa. Luisa de Marillac (Coordenadora administrativa da Unidade Acadêmica de Educação). A Mestra de cerimônias foi a profa. Stella Santiago, que nos embeleceu com a harmonia de sua voz.

No curso do Cerimonial, alguns colegas professores e discentes, das unidades de Educação,  Letras e Ciências Sociais, ofertaram-me a honra de recitar alguns poemas do Nós em miúdos, como as professoras Débia Suênia, Risomar Santos, Edinaura Almeida, Nozângela Amorim e o poeta e professor Carlos Gildemar Pontes.

Além dos amigos professores, dois discentes realizaram a interpretação de textos que integram a obra: o graduando de História Aldeir Fernandes, orientando de monografia, e a graduanda de Pedagogia Auricleia Sousa.

Integrando igualmente a programação, o evento contou com a apresentação musical do cantor, compositor e instrumentista Marcus Vinicius, parceiro de vida e de muitas canções, que colaborou para conferir maior luminosidade à noite, interpretando as músicas que revelam “o ser_tão em Hercília Fernandes”.

Além das imensidões mencionadas, uma grata felicidade foi a presença dos(as) alunos(as) e professores(as) que integram o projeto Sesc Ler. Eles e elas assistiram toda a programação, demonstrando expressivo contentamento.

Enfim, a noite foi belíssima. Espero, com brevidade, vivenciar novamente essas imensidões, especialmente nas cidades de Campina Grande, João Pessoa e Caicó, localidades que pretendo lançar o livro com a colaboração de diletos amigos, dentre eles o poeta, prefaciador da obra, Lau Siqueira.

Aos amigos e às amigas que me deram a honra da presença e de aquisição da obra no primeiro evento de lançamento do Nós em miúdos, na cidade de Cajazeiras, o meu muito obrigada. Saibam que vocês habitam-me imensidões várias.

E aos amigos e às amigas que, mesmo a distância, me ofertaram diversas expressões de incentivo e afeto, recebam igualmente o meu agradecimento.


Beijos e ternurâncias várias,
Hercília Fernandes.


01/04/2013

"O sonhador, em seu devaneio, não consegue sonhar diante de um espelho que não seja profundo."

(Gaston Bachelard)