21/05/2012

anil


Vou partir a geleira azul da solidão
E buscar a mão do mar
Me arrastar até o mar, procurar o mar...


João Bosco e Aldir Blanc,
in fragmento de Corsário.




se me tiras a voz,
a mão e a escrita

que me versam?

a minha face é anil
se dissolve no azul das águas


hfernandes



"O sonhador, em seu devaneio, não consegue sonhar diante de um espelho que não seja profundo."

(Gaston Bachelard)